rockbrasilBH—prevendaourocard-APP

26.janeiro.2022

ROCK BRASIL – BH

SAIBA MAIS

Nos anos 80, o rock nacional invadiu as ruas, as rádios e as vitrolas de todo o país. O movimento foi muito além da boa música: incendiou os costumes, revolucionando o jeito de se vestir, pensar, dançar e se expressar de toda uma geração. Na maior homenagem ao rock nacional de todos os tempos, e depois de um mês de apresentações eletrizantes no Rio de Janeiro em outubro do ano passado, o festival Rock Brasil 40 Anos se prepara para chegar a Belo Horizonte. De 26 de janeiro a 21 de fevereiro, os mineiros terão a chance de reviver a euforia da década de 80 em shows antológicos, espetáculos musicais, mostra de cinema, exposições e palestras do jornalista Nelson Motta.

A pré-venda dos ingressos começa no dia 16 de janeiro (domingo), no site www.eventim.com.br exclusivamente para clientes do cartão Ourocard, do Banco do Brasil, que também têm 50% de desconto. Já a venda geral está confirmada para 19 de janeiro (quarta-feira). Para garantir a segurança do público, todos os protocolos sanitários municipais serão seguidos.

Com patrocínio e apresentação Ourocard, patrocínio Vibra Energia, e realização do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e da Peck Produções, o festival Rock Brasil 40 Anos começou no Rio de Janeiro e depois de Belo Horizonte passa ainda por São Paulo, volta para o Rio de Janeiro e finaliza em Brasília, com uma enorme programação musical e cultural que se estende até junho de 2022.

SHOWS – Criado para celebrar os 40 anos do rock nacional, que tem como marco inicial a inauguração do Circo Voador nas areias do Arpoador, no Rio, no verão de 1982, o Rock Brasil 40 Anos vai reunir no CCBB BH os artistas e bandas que marcaram a cena musical da época. Na semana de estreia, quem se apresenta no palco principal é Fernanda Abreu e Evandro Mesquita. Em seguida, tem Barão Vermelho e Nando Reis e a programação segue com shows de Kiko Zambianchi e Dinho Ouro Preto, fechando com Leo Jaime e o projeto Rogerio Flausino e Sideral Cantam Cazuza.

ESPETÁCULOS MUSICAIS – Para garantir ao público uma experiência completa, o Rock Brasil 40 Anos programou uma série de espetáculos consagrados, além da montagem inédita da ópera-rock Cazas de Cazuza, dirigida por Rodrigo Pitta, que traz os maiores sucessos da carreira do cantor. Completam a lista: Cássia Eller – O Musical, que destaca a carreira meteórica da cantora com direção de João Fonseca e Vinicius Arneiro; Renato Russo – O Musical, estrelado por Bruce Gomlevsky revivendo a carreira do cantor, com direção de Mauro Mendonça Filho; e Cabeça, Um Documentário Cênico, de Felipe Vidal, baseada na obra e vida dos Titãs.

MOSTRA DE CINEMA – Com entrada franca, a mostra de cinema vem recheada de títulos, entre documentários e filmes de ficção. São eles: Barão Vermelho – Por que a gente é assim? (2007), com direção de Mini Kerti, doc musical que traz a história de uma das bandas precursoras do rock nacional; Faroeste Caboclo (2013), dirigido por René Sampaio, baseado na música homônima do grupo Legião Urbana; Blitz O Filme (2019), de Paulo Fontenelle, que conta a trajetória da banda sucesso nos anos 80; Titãs: A vida parece uma festa (2009), documentário com direção de Oscar Rodrigues Alves e Branco Mello, um dos fundadores do grupo; Somos tão Jovens (2013), cinebiografia do lendário vocalista do Legião Urbana, Renato Russo, com direção de Antonio Carlos da Fontoura; e Cazuza – O Tempo não Para (2004), outra cinebio, que traz a história de Cazuza, com direção de Sandra Werneck e Walter Carvalho.

PAPO COM NELSON MOTTA + POCKET SHOWS – O Rock Brasil é a mais perfeita trilha sonora dos anos 80. Com um atraso de 15 anos em relação ao mundo, que desde Woodstock vivia a revolução do rock e da cultura hippie, só com o fim da censura e da ditadura o rock encontrou no Brasil a liberdade e a irreverência que fazem parte da sua linguagem. O Rock Brasil expressa a explosão de criatividade que se seguiu a vinte anos de censura e repressão. A liberdade era a novidade que permitia o desenvolvimento do rock no Brasil. Para fazer essa retrospectiva e contar histórias memoráveis sobre o rock brasileiro, o jornalista Nelson Motta estará no CCBB BH apresentando palestras seguidas de pocket shows de Hanoi Hanoi, Ira, André Frateschi e Claudio Zoli.

POCKET SHOWS – No palco do Teatro II, que tem capacidade para 80 pessoas, o Rock Brasil 40 Anos apresenta shows intimistas de alguns dos maiores nomes do rock nacional: Rodrigo Santos, George Israel, Humberto Effe, Toni Platão. No Teatro I, com capacidade para 262 pessoas, se apresentarão Paulinho Moska, Arnaldo Antunes, Paulo Ricardo e João Penca.

EXPOSIÇÕES – O festival preparou duas exposições imperdíveis para quem gosta de arte e fotografia, ambas com entrada franca. A primeira delas traz uma seleção de cerca de 60 fotos dos anos 80, clicadas por Cristina Granato, um dos maiores nomes do fotojornalismo brasileiro. A segunda é uma exposição de arte com obras de Luiz Stein e Zé Carratu, artistas plásticos que surgiram junto com o rock nacional dos anos 80.

VIDEO MAPPING – O público poderá conferir ainda vídeo mappings temáticos em 3D, criados pelo artista multimídia Batman Zavareze, que serão projetados na fachada do CCBB, trazendo imagens de bastidores e os melhores momentos do rock nacional dos anos 80.

COMIDINHAS – Na área externa do CCBB, o festival vai montar especialmente para o evento o quiosque “Arpoador”, que vai oferecer um cardápio inspirado na famosa Barraca do Pepê, ídolo do esporte nos anos 80 e referência de alimentação saudável da época, com açaí, sucos de combinações variadas de frutas e sanduíches naturais.

Voltar